Como evitar os enjoos no início da gestação?

enjoos no início da gestação

O período gestacional é um momento único e de muita expectativa para as mulheres, mas nem tudo são flores! Principalmente no início, até o terceiro mês de gestação é comum que a futura mamãe enjoe com certa frequência.

As náuseas ocorrem principalmente no período da manhã, por isso são chamadas de náuseas matinais. Esses enjoos e náuseas são sintomas normais na gestação, causados pelas alterações hormonais (produção de estrogênio, progesterona e hCG).

Mas você sabia que existem algumas medidas para diminuir a quantidade de enjoos?

Água, chás e frutas cítricas são ótimos aliados das gestantes. Quando se sentir enjoada você pode, por exemplo, mastigar um pedacinho de gengibre, beber uma limonada ou chupar picolé de limão,

Aqui vão algumas dicas bem simples, que você pode fazer no dia a dia, e que vão te ajudar com os enjôos e náuseas:

1. Evitar cheiros e comidas fortes.

Durante a gestação, as mulheres tendem a ficar mais sensíveis a sabores e odores, por isso, evite, na medida do possível, cheiros e comidas com odores muito fortes que possam ou que já causaram náusea.

2. Faça pequenas refeições de 3 em 3 horas.

O estômago vazio piora a náusea, por isso evite ficar muitas horas sem comer. Coma com intervalos curtos e regulares, nem que seja uma fruta ou uma bolacha. 

Cultivar o hábito de comer de três em três horas evita exageros nas principais refeições. Assim, quanto menos comida precisamos digerir, mais rápido é o processo de esvaziamento de digestão.

3. Evite líquidos durante as refeições

A dieta para quem quer evitar enjoos e vômitos deve ser seca e fracionada. É importante que molhos, caldos e condimentos sejam evitados durante a gestação. Além disso, ao ingerirmos líquido durante as refeições, criamos um bolo alimentar ainda maior, dificultando a digestão.

4. Diminua a ingestão de café 

Segundo o ginecologista Domingos Mantelli, todo alimento de gosto ou odor acentuado pode piorar enjoos e náuseas, portanto, o consumo de café deve ser diminuído ou cortado da dieta. É importante lembrar que: o excesso de café é um estimulante, aumentando, assim, a frequência cardíaca da mãe e do bebê.

5. Inclua gengibre na sua alimentação.
O gengibre possui propriedades antieméticas que podem reduzir o enjoo causado pela gravidez, além de ajudar na digestão e diminuir a irritação da parede do estômago. 

Uma ótima forma de consumir o gengibre e reduzir os sintomas de enjoo, é beber o chá de gengibre, mastigar um pedacinho de gengibre pela manhã ou chupar uma bala de gengibre. 

Muitos estudos mostram que é seguro usar o gengibre na gravidez desde que não ultrapasse 1 grama de gengibre por dia.

6. Mantenha-se hidratada

Água é sempre o melhor remédio! A ingestão de líquidos durante o dia e em pequenas doses pode ajudar a aliviar os enjoos, além de manter o corpo hidratado e reduzir a retenção de líquidos. Por isso, lembre-se de tomar pelo menos 2 litros de água por dia.

Outra opção é consumir suco de frutas como, melancia, abacaxi ou limão, chás como chá de gengibre ou de hortelã, água de coco ou água com gás, que também podem ajudar a aliviar o enjoo.

7. Consuma alimentos feitos com limão 

O limão pode ajudar a amenizar a náusea. Por isso, uma dica é tomar chá gelado com limão, colocar rodelas de limão na água com gás, chupar um picolé, tomar uma limonada ou, até, cheirar o limão.

Em alguns casos, principalmente para a grávida que não estiver conseguindo se alimentar por causa do enjoo ou que apresenta vômito, uma boa opção é cheirar o limão ou o óleo essencial de limão para ajudar a reduzir o desconforto.

Quais alimentos devo evitar? 

É aconselhável evitar alimentos muito gordurosos, com muito açúcar, muito condimentados ou apimentados, por terem aceitação mais baixa em um período mais vulnerável para os sintomas de mal estar.

Evitar ingerir líquidos durante as refeições é outro conselho. Esse ato diminui o pH do estômago, e consequentemente o suco gástrico, o que vai dificultar a digestão.

.

Clique aqui e descubra os 11 melhores alimentos para consumir durante a gravidez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *